top of page

Coaf: prazo para envio da Declaração de Não Ocorrência ao CFC termina dia 31 de janeiro.


O prazo para envio da Declaração de Não Ocorrência de operações suspeitas está acabando. Até o dia 31 de janeiro de 2024, os profissionais e as organizações contábeis atuantes nas áreas pública e privada devem encaminhar ao CFC a Declaração de Não Ocorrência de Operações Suspeitas de lavagem de dinheiro ou financiamento ao terrorismo relativa aos seus clientes.


Considerada uma forma de proteção a todos os profissionais atuantes na Contabilidade, a declaração é obrigatória, de acordo com o Art. 11, inciso III, da Lei n.º 9.613/1998. Também prevista nesta norma, a obrigatoriedade das comunicações de ocorrência e não ocorrência que os profissionais e as organizações contábeis devem fazer ao Coaf e ao CFC, respectivamente, foram regulamentadas pela Resolução CFC n.º 1.530/2017.


Atenção

Cadastre-se e receba gratuitamente nosso informativo www.escoladocontador.com.br


O procedimento é rápido e pode ser realizado diretamente no sistema desenvolvido pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC). O acesso acontece por meio de CPF e senha, ou com Certificação Digital. Caso ainda não tenha cadastro com senha, o usuário deverá clicar em "Recuperar Senha", preencher as informações e seguir as orientações.


👉Saiba mais sobre o Coaf e a Declaração de Não Ocorrência, clique aqui.

👉 Clique aqui para acessar diretamente o sistema.


Comunicação CFC


Notícias regionais:


CEARÁ

 

SANTA CATARINA

 

DISTRITO FEDERAL

 

MATO GROSSO

 

GOIÁS

 

PARÁ

 

SERGIPE

 

MATO GROSSO DO SUL

 

PARAÍBA


MARANHÃO

 

SÃO PAULO

 

RIO DE JANEIRO

 

RIO GRANDE DO NORTE

 

MINAS GERAIS

 

PERNAMBUCO



Commentaires


bottom of page