top of page

Extinção da Dirf é adiada para 2025.

Extinção da Dirf (Declaração do Imposto sobre a Renda Retida na Fonte) foi prorrogada para 2025. A declaração anual seria substituída neste ano por informações prestadas na EFD-Reinf (Escrituração fiscal digital de retenções e outras informações fiscais) e no eSocial. A substituição das informações passa a valer a partir de 1º de janeiro de 2025.


A decisão de prorrogar a mudança foi tomada após relatos de empresários com dificuldades técnicas durante a entrega da EFD-Reinf e de dados do eSocial, as quais podem acarretar prejuízos ao fornecimento de informações para comprovação de rendimentos e retenção do IRPF (Imposto sobre a Renda da Pessoa Física).


Cursos online,  sem mensalidades e certificado a nível nacional.


1) Curso OnLine de Departamento Pessoal. Preço R$ 35,00

2) Curso Online de Contabilidade. Preço R$ 45,00

3) Curso Online eSocial (Primeiros Passos). Preço R$ 60,00

Confira todos os cursos. Clique aqui.


A Dirf é uma obrigação anual para as empresas que retêm imposto de renda sobre a remuneração dos funcionários, inclusive os bancos e as corretoras. Optantes do regime tributário do Simples Nacional não fazem parte do grupo.


Por enquanto, as empresas ainda têm como obrigação preencher tanto a EFD-Reinf quanto o sistema do eSocial, além de enviar a Dirf. A extinção da declaração, conforme a Receita Federal, deve simplificar e centralizar as informações em um único documento.


Poder360


Leia tambem:


O objetivo é oportunizar a autorregularização para mais de seis mil empresas até 15 de maio.


Apartir da competência março/2024, o recolhimento dos tributos e FGTS por meio do DAE passa a ter vencimento até o dia 20 do mês subsequente.


Pessoas físicas e jurídicas que tenham débitos em contencioso com a RFB igual ou inferior a R$ 50 milhões de reais, desde que cumpridos os requisitos estabelecidos.


Os primeiros a receber são os que ganham até um salário mínimo e têm benefício terminado em 1. Créditos serão feitos até 5 de abril

 

Suspensão do bloqueio vai até dezembro de 2024


Notícias regionais


ความคิดเห็น


bottom of page