top of page

FGTS Digital: veja o que deve mudar em 2024


Com a proximidade do ano de 2024, é preciso se atentar à mudança na gestão do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) . O FGTS Digital, previsto para ser disponibilizado em março de 2024, promete tornar o processo de cálculo, pagamento e gerenciamento do FGTS mais eficiente e acessível.

Atenção

Cadastre-se e receba gratuitamente nosso informativo www.escoladocontador.com.br


O FGTS é uma das garantias fundamentais para os trabalhadores brasileiros, e a transição para o formato digital visa facilitar a vida dos empregadores e trabalhadores, proporcionando um sistema mais ágil e transparente.


Facilidades oferecidas pelo FGTS Digital


Confira as principais mudanças do FGTS Digital para 2024:


  • Emissão de guias rápidas e/ou personalizadas;

  • Consulta de extratos de pagamentos realizados;

  • Individualização dos extratos de pagamento;

  • Verificação de débitos em aberto;

  • Pagamento da multa indenizatória a partir das remunerações devidas de todo o período trabalhado.

Mudanças FGTS Digital


Também visando facilitar o dia a dia dos empregadores, a forma de gerir os dados do FGTS Digital, assim como de realizar o pagamento de guias e acessar o sistema também vão mudar. Entenda.


Identificação exclusiva por CPF: no FGTS Digital, a identificação do empregado será feita exclusivamente pelo CPF. Não será mais necessário gerar ou utilizar o Programa de Integração Social (PIS) dos trabalhadores, já que a CAIXA realizará a unificação das contas vinculadas dos trabalhadores com os respectivos CPFs.


Utilização do PIX como ferramenta de pagamento: o PIX será a principal ferramenta de pagamento, visando maior rapidez e eficiência nas transações financeiras relacionadas ao fundo.


Forma de acesso: para utilizar o acesso ao FGTS Digital com certificado digital, o empregador deverá cadastrar uma conta no portal gov.br e acessar através do certificado digital. Os certificados A1 e A3 são aceitos, sendo o primeiro armazenado no próprio computador do usuário, e o segundo em mídias portáteis, como tokens USB ou cartões com chip.


Perfil de acesso ao FGTS Digital: o sistema oferece o perfil de Procurador de Pessoa Jurídica, permitindo que o usuário informe o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) do empregador cujos dados irá editar e consultar. Esse acesso requer o cadastramento prévio da autorização dos poderes a serem outorgados no módulo de procurações do FGTS Digital.


Emissão de guias: o empregador pode acessar o portal do FGTS Digital, informar seus dados de acesso, e gerar a guia desejada. A opção de “Guia Rápida” gera uma guia com todo o FGTS devido para o mês selecionado. Já a opção “Guia Parametrizada” permite personalizar a guia, selecionando trabalhadores ou estabelecimentos específicos.


Com essas mudanças significativas no gerenciamento do FGTS, é fundamental que empregadores e trabalhadores estejam atentos às novas orientações e se preparem para a transição para o FGTS Digital a partir de 2024. 


Fique atento, faça os testes na plataforma e se familiarize com essa nova era na gestão do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.


DANIELLE NADER

Jornalista e Coordenadora de Conteúdo do Portal Contábeis


Leia também:


A proposta ainda precisa ser analisada por outras comissões na Câmara dos Deputados


FMI calcula em US$ 2,13 trilhões PIB nominal do país neste ano


Classificação representa selo de bom pagador


Ministério de Minas e Energia mudará regras de eficiência energética para refrigeradores


Supremo decide que os créditos não se adequam ao conceito de faturamento, pois são incentivo fiscal para desonerar exportações


Julgamento tem impacto sobre pagamento de profissionais celetistas


Notícias regionais:


SANTA CATARINA

 

RIO GRANDE DO SUL

 

TOCANTINS

 

SERGIPE

 

SÃO PAULO

 

PARÁ

 

CEARÁ

 

PARANÁ


MINAS GERAIS

 

PARAÍBA

 

MATO GROSSO

 

ESPÍRITO SANTO

 

AMAPÁ

 

PERNAMBUCO

 

RIO DE JANEIRO

 

ALAGOAS

Komentáře


bottom of page